Coogamai participa de Seminário sobre sustentabilidade em Brasília

Em seminário, setor mineral apresenta ações voltadas para o desenvolvimento sustentável

Evento no MME trouxe estudos de caso de 14 empresas do setor, que promovem agenda estabelecida pela ONU

O Ministério de Minas e Energia (MME) promoveu nesta quarta-feira (26) seminário para apresentação do primeiro produto do programa “Mapeando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) na Mineração Brasileira”. O evento contou com a participação de 14 empresas do setor, sendo sete de grande porte, seis de médio porte e uma cooperativa de pequenos produtores. A Coogamai foi a única entidade do sul do país convidada no evento.

Elas mostraram estudos de caso que contemplam 15 das 17 ODS estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2015, quando chefes de estado e lideranças mundiais definiram uma agenda de cooperação. O documento “Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável” trouxe diretrizes para a promoção econômica, social e ambiental.

“Precisamos caminhar para o futuro e trabalhar as riquezas minerais do País de forma sustentável. Sempre fomos vistos por termos essas riquezas em abundância. Isso significa usá-las para beneficiar a sociedade, gerando empregos e qualidade de vida”, destacou o ministro interino, Márcio Félix, durante a abertura do seminário.

Entre os estudos de caso, algumas empresas apresentaram iniciativas ligadas à educação. Uma delas, especializada na extração do metal nióbio, e que tem como uma das ações o desenvolvimento tecnológico de baterias para carros elétricos, implementa um programa de educação integral para os funcionários e seus filhos, do maternal à universidade. Outra empresa apoia um projeto que leva atendimento odontológico por meio de um barco para famílias em situação de vulnerabilidade social na Amazônia.

O programa Mapeando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) na Mineração Brasileira foi lançado em 2017. A expectativa do MME é que ele incentive ações semelhantes de outros representantes do setor mineral.

“Esse programa cria uma importante perspectiva para políticas públicas voltadas para a mineração. Eu conto com o setor mineral brasileiro para que nós possamos criar o entendimento das necessidades globais e do desenvolvimento humano no País, com interlocução social, ambiental e econômica”, afirmou o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do MME, Vicente Lôbo.

A Coogamai apresentou o “case” de sucesso - AÇÕES VOLTADAS À SAÚDE E SEGURANÇA DO GARIMPEIRO, como a atuação do Centro de Saúde, com o apoio dos proprietários de garimpos e a fiscalização constante no  uso de EPI´s e EPC´s na área de abrangência da cooperativa.

 Fonte: Assessoria de Comunicação Social Ministério de Minas e Energia
ascom@mme.gov.br  www.mme.gov.br  www.twitter.com/Minas_Energia  www.facebook.com/minaseenergia


Comentários (0)


Deixe um comentário