Descrição

O ano de 2019 está findando com uma excelente notícia para o setor garimpeiro do norte gaúcho. A Cooperativa de Garimpeiros do Médio e Alto Uruguai (Coogamai), anunciou na última semana a conquista de 219 licenças de operação (LO) expedidas pela Fepam para garimpos localizados em seis municípios da sua área de atuação.

As licenças são individuais para cada garimpo, constando nome e CPF do proprietário. Não há registros de alguma empresa ou cooperativa de mineração, que tenha conquistado um número tão grande de licenças de operação em apenas uma arremessa.

O presidente da Cooperativa, Isaldir Antônio Sganzerla, destaca o empenho da direção, equipe técnica e associados na conquista do licenciamento, salientando que esta é mais uma batalha histórica vencida pela Coogamai, que há 30 anos luta pela viabilidade dos garimpos na região.

O engenheiro de minas da Cooperativa, Anderson Oliveira, lembra que as 219 licenças de operação contemplam 95% dos garimpos da área de atuação da Coogamai, destacando também, o trabalho árduo que foi desenvolvido para se chegar a esta conquista.

A bióloga Raquel Ceratti, enfatiza o marco histórico para a Cooperativa que é a conquista do licenciamento e lembra que algumas exigências foram feitas pela Fepam, principalmente quanto ao cuidado com as áreas de preservação permanente (APP’s).

A Coogamai estima que na atualidade cerca de 1,4 mil garimpeiros trabalham na extração da pedra ametista e outros cristais nos 8 municípios da sua área de atuação, com uma produção mensal de 400 toneladas.

 

Edevaldo Stacke/Ascom Coogamai.

 





Outras galerias