Descrição

A Cooperativa de Garimpeiros do Médio e Alto Uruguai (Coogmai) já iniciou a entrega das novas licenças ambientais para cerca de 220 garimpos da sua área de atuação, homologadas junto a FEPAM em dezembro de 2019.

O presidente da Cooperativa, Isaldir Antônio Sganzerla, lembra que há mais de 3 anos a Coogamai lutou de forma aguerrida com um trabalho árduo da direção, corpo técnico e consultorias, com apoio total dos associados, para a obtenção das licenças que são fundamentais para a extração de minérios.

Cada frente de garimpo licenciada receberá uma placa informando que o empreendimento é licenciado pela FEPAM de acordo com as normas de proteção e conservação ambiental, constando também o nome do proprietário, da cooperativa e o numero da licença de operação (LO), com validade até dezembro de 2024.

O engenheiro de minas da Cooperativa, Anderson Oliveira, alerta para um novo ciclo que está sendo iniciado na mineração regional e destaca que é fundamental os proprietários de garimpos estarem atentos as adequações necessárias para a manutenção do licenciamento.

Além da placa com as informações sobre o licenciamento, os garimpos também exibirão outra placa, esta de alerta para atividade de mineração com uso de explosivo (pólvora), constando os horários de operação com orientações básicas de segurança e bem estar aos garimpeiros.

A bióloga Raquel Ceratti, ressalta para a conquista histórica da Cooperativa em licenciar uma leva gigantesca de empreendimentos com licenças individuais, fato inédito, mas também, alerta para os cuidados com o meio ambiente que são requisitos básicos do licenciamento.

A Coogamai atua há mais de 30 anos em defesa da atividade garimpeira, presente em oito municípios do Médio e Alto Uruguai, realizando um trabalho de acompanhamento diário da atividade, orientando e prezando pela viabilidade e o crescimento sustentável da mineração.

 

Edevaldo Stacke/Ascom Coogamai

 





Outras galerias